• Lu Forte

O que todo Concurseiro precisa saber


Um dos maiores desafios do candidato a concurso púbico hoje em dia é “conseguir” tempo para estudar. Vivemos a era da informação. Somos bombardeados por informações o tempo todo, porém o tempo para dedicar-se ao aprendizado e para fazer o filtro dessas informações são fatores que desafiam os concurseiros.

A maior parte dos concurseiros acaba optando por estudar pós edital, pois é quando são atingidos pelos sentimentos de euforia e ansiedade, como se pensassem: “agora não dá mais para esperar, preciso estudar! ”. De fato, a energia que deriva desses sentimentos oferece um "gás" a mais, mas é justamente por isso que os concurseiros devem preparar-se com antecedência: para quando a energia a mais chegar eles a utilizem como um diferencial, de maneira que os impulsionem para o “sprint” final.

Assim como um atleta de corrida que passa todo o trajeto mantendo um ritmo moderado – economizando energia – para que nos últimos metros possa ter força, foco e energia para dar o sprint final mostrando o seu diferencial, o concurseiro pode – e deve – adotar a mesma estratégia.

Nosso cérebro é programado para receber recompensas imediatas; tudo que fazemos esperamos pela recompensa, pois faz parte da nossa fisiologia. Essa questão torna o estudo para concursos púbicos ainda mais desafiador, uma vez que se trata de uma recompensa de médio a longo prazo.

Hoje em dia, a concorrência está cada vez maior e mais qualificada, as bancas estão cada vez mais exigentes e os editais cada vez mais extensos; disputar uma vaga em concurso público tem exigido do candidato um diferencial e o equilíbrio entre diversos pilares, como trabalho, família, relacionamentos, estudos, lazer, saúde, etc. Já foi a época em que comprávamos uma apostila na banca e conseguíamos ser aprovados, assim como já foi a época em que era possível estudar após o lançamento do edital e ser aprovado.

Pensando nesses desafios vou sugerir algumas reflexões e ações:

1- Antes de começar a estudar reflita sobre a área que realmente quer seguir; escolha uma área que esteja alinhada com os seus valores, uma área que realmente vai oferecer mais que uma estabilidade, que ofereça realização pessoal. Inspiração vem dos outros, mas motivação vem de dentro, e você só vai conseguir renová-la diariamente se existir uma emoção por trás do seu objetivo. Cada vez que você se sentir fraco, lembre-se por que você quer conquistar esse objetivo e o que vai mudar na sua vida após essa conquista; procure pensar e imaginar, experimentando a emoção que irá sentir.

2- Após isso, dedique um momento para identificar os tomadores de tempo; segundo a lei de Pareto nossos resultados são garantidos por 20% dos nossos esforços, pensando nisso chegamos à conclusão que 80% dos nossos esforços são dedicados a atividades que não estão alinhadas com os nossos objetivos. É claro que não podemos levar isso ao pé da letra, pois temos atividades de rotina que não podemos abrir mão, como alimentação, sono, etc., porém se mensurarmos o tempo que gastamos com cada atividade, vamos descobrir muitas atividades desnecessárias, que são os nossos ladrões de tempo. Para isso, uma vez por semana (pelo menos) pegue uma folha de papel e liste as tarefas em quatro segmentos: URGENTES E IMPORTANTES, NÃO URGENTES E IMPORTANTES, URGENTES E NÃO IMPORTANTES E NÃO URGENTES E NÃO IMPORTANTES. Após preencher cada um desses segmentos, identifique os ladrões de tempo e reorganize a sua agenda diária, considerando as alterações necessárias (exclusão de tarefas, adiamento de tarefas, delegação de tarefas, etc.). É importante manter a agenda de tarefas semanalmente atualizada, para que outras atividades não interfiram no seu estudo e vice-versa.

3- Elabore um plano de estudos mensal, com metas diárias semanais, e comemore ao atingi-las. Lembra que o nosso cérebro precisa de recompensas imediatas para nos ajudar a manter a constância nos estudos? Se ele enxergar a recompensa muito longe (a aprovação) vai ser muito mais difícil manter a regularidade e estudar antes de o edital sair. As pessoas também se motivam quando o edital sai porque o cérebro identifica uma data para possível recompensa. Mas como precisamos estudar antes do edital para somente fazer um refinamento nos estudos após ele sair, precisamos adotar alguma técnica que “engane” o nosso cérebro, mostrando que ele está sendo recompensado pelo esforço que está fazendo.

4- Participe de grupos de estudantes com o mesmo objetivo; foi comprovado, cientificamente, que o ser humano se compromete mais com um objetivo quando se identifica com pessoas iguais a ele, que estão em busca do mesmo ideal; o gatilho da familiaridade é acionado quando nos deparamos com pessoas como nós que estão galgando o mesmo objetivo, é como se o inconsciente dissesse para o estudante que se outras pessoas – com os mesmos desafios – podem conseguir, ele também pode. Participe com moderação, policie-se para não ficar dependente e dedicar tempo demais, de maneira que comprometa as suas tarefas diárias.

5- Não meça esforços para garantir a constância nos estudos; invista em materiais, em cursos, etc., mesmo que comprometa um pouco – no momento – o seu lazer; procure lembrar que toda escolha implica numa renúncia, e que se limitar a ir somente uma vez por mês (por exemplo) a um bar/balada/restaurante é temporário, é para que, para o resto da vida, você possa ter o conforto e o prazer que você tanto ama desfrutar hoje. A grande dificuldade em manter a regularidade necessária para atingir algum objetivo consiste, justamente, no ceder aos prazeres imediatos (recompensas imediatas), como por exemplo: ceder ao prazer imediato de comer uma coxinha, comprometendo a dieta que traria recompensas e prazeres mais consistentes a médio ou longo prazo. Levando isso para os estudos: ceder a uma vida de diversos momentos de lazer, comprometendo as conquistas a médio e longo prazo que garantiriam prazeres mais consistentes e por mais tempo.

6- Determine um único material para cada disciplina e escolha uma segunda opção para cada disciplina, para quando o material oficial não for suficiente para você entender e reter o aprendizado. Ter um monte de material e de cursos só dificulta o estudo e atrapalha ainda mais o planejamento, visto que se perde muito tempo escolhendo um material a cada momento de estudo. Opte por um curso específico para área que você escolheu, pois, o material já vai ser direcionado - trazendo dicas de concursos anteriores, assuntos mais cobrados, etc. -, fazendo com que você poupe um bom tempo. Garanta a leitura da lei seca, informativos e súmulas conjugando com o estudo do material escolhido – no caso dos concursos que exigem algumas disciplinas de direito.

7- Faça o seu sem se comparar aos outros, respeite a sua rotina, estudando quanto é possível, dentro da sua realidade - sem muita folga e sem causar exaustão (guarde forças para o sprint final); não tente cumprir planejamentos de terceiros, pois você não vai conseguir e ainda vai culpar-se, gerando frustração e gastando energia a toa, sendo que na verdade você não terá cumprido porque se propôs a fazer algo que estava fora da sua realidade.

8- Meça seus resultados a todo instante (taxas de acerto por disciplina e porcentagem relacionada a quantidade de assuntos estudados por disciplina) para que seu cérebro possa visualizar a sua evolução, evitando que você tenha a sensação de estar perdido e de que está nadando contra a maré. Lembre-se, se você não acompanhar a sua evolução, fatalmente, depois de um tempo, você vai ter a sensação de estar no mesmo lugar, e isso vai fazer você desmotivar.

9- Não tenha medo de se testar, os erros (questões erradas) que garantirão a sua evolução para outro nível. Permita sentir a dor de errar muitas questões durante seu processo de estudo, para que você não descubra quais são as suas dificuldades somente na prova.

10- Não desista, ante qualquer pretexto. Como bem disse Henry Ford: “As pessoas não fracassam, elas desistem!

Luciana Forte formada em Administração de Empresas, Pós graduanda em Neuropsicopedagogia, ex- funcionaria do Banco do Brasil, professora de Conhecimentos Bancarios para Concurso Publico, Coaching e Neurocoaching, especialista em aprendizagem acelerada. Cerficaçôes Cpa10 e Cpa 20. Coach oficial do IBV Cursos

@metodologiadaaprovacao

#concurseiro #concursopúblico #dicasconcurseiro #LuForte #coach #técnicasdeestudo

269 visualizações
  • YouTube ícone social
  • Instagram - White Circle
  • Facebook Social Icon

Av. Ana Costa, 300, Santos- SP 

(13) 99728-9235